CUMPRE-SE HOJE

Comentário à Liturgia da Palavra do III Domingo do Tempo Comum Ano C

A palavra que Deus disse e nos revelou em Jesus Cristo quer germinar e produzir cento por um. Jesus inaugura o seu  ministério proclamando-se Palavra, traduzindo-se em Pessoa na Sinagoga de Nazaré. Ele é a Palavra proclamada pelos profetas e que a Igreja anuncia e traduz como Messias Salvador, ontem, hoje e sempre.

Na primeira leitura, extraída da Profecia de Neemias 8, 2-4a.5-6.8-10, o sacerdote Esdras fez a leitura do livro da Lei, depois do regresso do cativeiro da Babilónia, no meio da emoção do povo.

O Salmo Responsorial, Salmo 18B (19) 8.9.10.15, é um hino de louvor da Lei de Deus.

Na segunda leitura, tirada da primeira Epístola de S. Paulo aos Coríntios, 12, 12-30, S Paulo lembra de que somos membros do Corpo de Cristo e estamos unidos à Cabeça, variedade que não impede a unidade de toda a Igreja.

O Evangelho é de S. Lucas 1, 1-4; 4, 14-21. Na Sinagoga de Nazaré, onde vivera até aos trinta anos, Jesus lê a profecia de Isaías que fala do Messias e afirma que se cumpriu n’Ele aquela profecia. Jesus é o Messias prometido.

A vida cristã é a resposta na fé à Palavra de Deus que falou. O Baptismo faz do cristão a testemunha ocular de Cristo perante o mundo, que nos interroga, como porta de esperança, à procura de resposta e solução. Somos servos da Palavra pela obediência da fé, acolhendo-a na vida e reproduzindo-a nas obras. O cristão vive para levar aos outros a verdade contemplada num olhar de fé e de esperança, onde Deus se revela e se pronuncia. Queremos dizer a todos os que vivem em angústia e escuridão “que a alegria do Senhor é a nossa fortaleza”. (1.ª leitura).

Cristo é a Palavra viva, encarnada, que ressalta aos olhos de toda a gente. “O Espírito do Senhor está sobre mim” — realça o Evangelho. No gesto de abrir o livro revela-se o segredo do Pai contido nas Escrituras. O Messias anunciado pelos profetas rompe o sigilo do tempo e a névoa das profecias para tornar-se vivo diante do povo que O escutava. “A profecia se transforma em manifestação, a Lei em Evangelho” (S. Leão). O Messias esperado era Ele. A Boa Nova dos pobres e dos oprimidos estava ali em pessoa: Jesus de Nazaré.

“Enviou-me a  anunciar a Boa Nova” — afirma o Evangelho. A Igreja continua hoje a mesma proclamação e leva ao mundo a Boa Nova de Cristo. Pelo anúncio da Palavra junta a si todos os homens dispersos, fazendo deles um povo de filhos. A Igreja é o Cristo de Nazaré, que abre, perante o mundo, os tesouros de Deus. Actualiza entre os homens a presença do Verbo encarnado, continuadora da sua vida e missão. Pelo seu ministério “cumpre-se hoje”, chega à plenitude a palavra revelada e Cristo cresce em cada um dos seus membros.

“Estavam os olhos postos em Jesus” — narra o Evangelho. Mas a manifestação de Jesus de Nazaré revive e completa-se hoje. O mundo tem os olhos postos em nós. É em nós que a palavra hoje se cumpre e transforma em Boa Nova. Somos nós a palavra que os homens podem ouvir, em resposta às sua perguntas e anseios. Pela nossa vida a palavra torna-se presença de Cristo, deixa de ser promessa para abrir-se em realidade. A plenitude da palavra revelada está no seu cumprimento. Se eu não acolher a palavra e ela não for vida em mim, ficará a Escritura por cumprir e andarei à mercê de fomes e ilusões. Quando me abro às suas exigências e  a cumpro, é então que ela chega à plenitude e se torna inteligível, para mim e para os outros. Vive-a e cumprirás; cumpre e entenderás.

Quando escutar o Senhor e for dócil às suas exigências, cumpre-se  de verdade em mim algum passo da Escritura. Fiéis aos compromissos do nosso Baptismo, vamos ao mundo em missão, partilhar Cristo com quem nada preparou.

Diácono António Figueiredo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s