o amor que quebra regras

Esta semana trazemos a história do amor de um casal holandês.
Ela é Josephina van Aefferden, nasceu a 28 de junho de 1820 e era a nona filha de dez filhos de uma família de aristocratas católicos.
Ele é Jacob Gorkum, nasceu a 10 de janeiro de 1809 numa família protestante.

Apaixonaram-se mal se conheceram, mas a sua relação não foi aceite, visto eles terem onze anos de diferença, por ele ser um soldado e ela ser de uma família nobre, mas acima de tudo, por ele ser protestante e ela católica.
Na altura, a Holanda estava sobre um regime segregacionista denominado de pilarização, que consistia na divisão da sociedade em três pilares religiosos, os católicos, os protestantes e os judeus. Estes construíam o seu próprio mundo com os seus sistemas e os casamentos só eram com as da mesma religião.

No entanto, isso não os impediu de realizar o casamento a 3 de novembro de 1840 e de terem três filhos (duas raparigas e um rapaz).

Numa sociedade que não os aceitava, conseguiram encontrar uma forma de viver nela, mas existia uma regra que parecia inquebrável. Ambos não poderiam ser enterrados juntos, cada um teria que ficar no lado do cemitério da sua religião. De facto, o cemitério de Roermond está separado por um muro entre o lado católico e o lado protestante.

Perspetiva dos dois túmulos divididos pelo muro.

Quando Jacob Gorkum morre a 29 de agosto de 1880, a sua sepultura é colocada junto ao muro que separava os dois lados do cemitério. Oito anos depois, Josephina van Gorkum morre, e em vez de ser sepultada no túmulo da família, é colocada atrás da do marido, do outro lado do muro. Pouco tempo depois, as duas sepulturas foram ligadas por duas mãos dadas, que simbolizam um amor que vai para além da morte e que é mais forte que a religião.

Sepultura de Josephina van Gorkum (perspetiva do lado do cemitério católico)

Para que a religião não seja algo que crie conflitos entre comunidades.

Joana Brígida

artigo preparado por
Joana Brígida

Publicado por

Padre Diamantino Faustino

Pároco de Linda a Velha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s