O CONVITE DE JESUS

https://paroquiasaoluis-faro.org/wp-content/uploads/sites/34/2016/11/jovens23.png

<<O chamamento de Jesus pode acontecer em qualquer idade. Mas é principalmente à camada mais jovem que este convite é dirigido.>>

Uma pergunta fundamental que não nos podemos deixar de fazer quando chegamos à encantadora idade da juventude: «Que faz com que a minha vida seja valiosa e valha a pena vivê-la, apesar de todas as dificuldades?»  

No momento actual parece que «a resposta do ambiente» seria, ou é, mais ao menos a seguinte: «O que faz com que a tua vida seja valiosa é a opinião que os outros têm de ti e o êxito que consegues alcançar com as tuas forças». Ora, esta resposta é falsa, superficial e até muito perigosa. Pode trazer consigo consequências nefastas para a vida de um jovem.

A experiência do fracasso e a consciência da própria incapacidade (relacionada muitas vezes com a grande competitividade do mundo actual), levam muitos jovens à tristeza, ao desânimo e à desesperança. Fenómenos que até há uns anos atrás conseguiam resolver-se sem demasiados dramatismos (aprendia-se que o fracasso faz parte da vida, que somos limitados e precisamos todos uns dos outros), hoje são causa de uma tristeza de fundo.

Como curar e resolver esta falta de esperança? Não existem respostas fáceis. No entanto, convém recordar, principalmente aos jovens, que na nossa vida, só podemos pôr uma pessoa em primeiro lugar: ou pomos a Deus, ou pomo-nos a nós próprios. Não cabe mais ninguém. Só centrando a vida em Deus — e por Ele, nos outros — conseguimos crescer na virtude da esperança, porque percebemos o sentido da nossa vida.

Nesta encruzilhada da vida o jovem procura e elabora um projecto de vida, um rumo a seguir, enfim o ideal digno de ser seguido e acarinhado. É neste processo de procura e análise que o jovem pode, eventualmente, escutar o convite de Jesus. Tal como outrora escolheu os doze apóstolos, também hoje, Jesus não cessa de chamar, de convidar aqueles que escolheu, e que O desejem seguir. Este chamamento de Jesus pode acontecer em qualquer idade. Mas é principalmente na camada mais jovem que este convite é dirigido. Uns aceitam, outros recusam, e ainda outros adiam Há também os que têm medo de assumir um compromisso, ou de renunciarem ao seu comodismo ao seu egoísmo, à vida regalada a que estão habituados. 

Neste contexto, todos os anos temos uma semana dedicada à oração pelos seminários. Assim, este ano, a semana de oração pelos seminários, que decorreu de 1 a 8 de Novembro, termina hoje e esteve subordinado ao lema «Jesus chamou os que queria e foram ter com Ele» (Marcos 3,13). Depois, é no espaço designado Seminário, que o candidato ao sacerdócio vai aprofundar a sua vocação, aprendendo a viver em comunidade, numa vida de oração, meditação da Palavra de Deus e do estudo e no discernimento sereno, na procura da vontade de Deus. Neste processo há que ter em conta a disponibilidade interior do jovem, para pôr em prática o ideal de serviço a Deus e aos irmãos. Peçamos ao dono da Messe que mande operários para a Sua Messe. 

«Nossa Senhora do Rosário de Fátima, Rainha do clero, olhai pelo Santo Padre pelos nossos sacerdotes e pelos nossos seminários, e pelo nosso Patriarca»

Diácono António Figueiredo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s