Semana Vocações 2022

Aqui tens:
1 – link para oração do terço
2 – oração vocacional a São José
3 – meditação dos mistérios do terço
Outras informações e materiais, vê aqui!


1 – ORAÇÃO DO TERÇO

Oração do Terço, durante o mês de maio, 21h30, na nossa Página do Facebook:
facebook/paroquia.lindaavelha


2 – ORAÇÃO VOCACIONAL

Senhor, nosso Pai e Criador,
Deus da história, da vida e da beleza,
do sonho e da realidade, 
nós Te pedimos:
ensina-nos a tecer e a entrelaçar 
a nossa história pessoal e comunitária
com os fios do Teu amor!
Senhor Jesus, Mestre e Amigo,
reaviva em nós a consciência
de sermos povo de irmãos e irmãs,
amado e escolhido para anunciar,
testemunhar e semear a Tua paz!
Espírito Santo, força suave de vida,
dá-nos a coragem do desassossego,
abertura e docilidade,
para escutarmos o chamamento 
e para vivermos com fidelidade e alegria
a nossa vocação!
A Maria e José pedimos intercessão
para que a Igreja 
e cada uma das suas comunidades
sejam seio fecundo 
de novas e santas vocações.
Ámen!


3 – ORAÇÃO DO TERÇO

59º Dia Mundial de Oração Pelas Vocações 1 a 8 maio 2022

Mistérios Gozosos

Primeiro Mistério – A anunciação do Anjo a Nossa Senhora

Do Evangelho de S. Lucas

«O anjo disse a Maria: “Salve, cheia de graça, o Senhor está contigo”; ao anjo responde Maria: “Eis a serva do Senhor”» (Lc 1, 30.38)

Maria, descobre a vontade de Deus e abraça-a na totalidade. Maria, é Senhora da aceitação, da confiança, da entrega, do abandono permanente em Deus. Diz o Papa Francisco: “Maria é o grande modelo para uma Igreja jovem, que deseja seguir Cristo com frescor e docilidade. Era ainda muito jovem quando recebeu o anúncio do anjo, não se reprimindo de fazer perguntas. Mas tinha uma alma disponível e disse: «Eis a serva do Senhor». (CV 43)

Peçamos, neste mistério, por todos os jovens que se encontram em discernimento vocacional para que encontrem em Maria a inspiração para decidir corajosamente: “Eis-me aqui”.  

Invocação: Nossa Senhora do Sim, rogai por nós!

Segundo Mistério – A Visitação de Nossa Senhora à sua prima Santa Isabel

Do Evangelho de S. Lucas

«Por aqueles dias, Maria pôs-se a caminho e dirigiu-se à pressa para a montanha, a uma cidade da Judeia.» (Lc 1, 39)

Esta é a citação bíblica escolhida pelo Papa Francisco como lema da Jornada Mundial da Juventude que acontecerá, pela primeira vez, em Portugal de 01 a 06 de agosto de 2023. Neste episódio bíblico da Visitação, a ação de Maria se pôr a caminho, indica simultaneamente, Maria, como mulher de caridade e mulher missionária. Ao sentir-se chamada, tem pressa para levar Cristo. Desinstala-se e faz-se peregrina do próximo.

Unidos a toda a Igreja de Portugal, rezemos com as palavras do Cardeal D. Manuel Clemente: «que as Jornadas Mundiais da Juventude, sejam de evangelização ativa e missionária por parte dos jovens, que assim mesmo reconhecerão e testemunharão a presença de Cristo vivo». 

Invocação: Nossa Senhora Peregrina, rogai por nós!

Terceiro Mistério – O Nascimento do Menino Jesus em Belém

Do Evangelho de S. Lucas

«O Anjo disse aos pastores: Anuncio-vos uma grande alegria. Hoje, na cidade de David, nasceu-vos um Salvador, que é o Messias Senhor» (Lc 2, 11)

Hoje, o anúncio do Evangelho da alegria, desafia-nos a ir às periferias para continuar a anunciar a Boa Nova.  Diz o Papa aos jovens: «Onde nos envia Jesus? Não há fronteiras, não há limites: Ele envia-nos a todos. O Evangelho não é para alguns, mas para todos» (CV 177).  

Peçamos, neste mistério por todos os jovens que procuram um projeto feliz, para que se enraízem em Cristo, o Messias e Salvador e o possam anunciar nos diversos contextos da vida em que se encontrem.    

Invocação: Nossa Senhora da evangelização, rogai por nós!

Quarto Mistério – A Apresentação do Menino no Templo

Do Evangelho de S. Lucas

«Simeão tomou-o nos braços e bendisse a Deus, dizendo: Agora, Senhor, segundo a tua palavra, deixarás ir em paz o teu servo, porque meus olhos viram a Salvação que ofereceste a todos os povos, Luz para se revelar às nações e glória de Israel, teu povo.» (Lc 2, 28-32)

Cristo Luz dos povos, continua a manifestar-se hoje aos corações humildes, afáveis e generosos que se deixam surpreender pelo encontro com Cristo a partir dos acontecimentos do quotidiano.  

Rezamos, neste mistério por todos os jovens, para que se deixem iluminar pela audácia de Cristo Luz do mundo, descubram a sua vocação como o projeto de felicidade e se tornem luz para os irmãos.   

Invocação: Nossa Senhora do Rosário cercada de luz, rogai por nós!

Quinto Mistério – A perda e o reencontro do Menino no templo

Do Evangelho de S. Lucas

“Três dias depois, encontraram-no no templo, sentado entre os doutores, a ouvi-los e a fazer-lhes perguntas. Todos quantos o ouviam, estavam estupefactos com a sua inteligência e as suas respostas”. (Lc 2, 46-47)

Ainda que os laços familiares liguem Jesus às coisas da terra, Ele consciente de que era a Sabedoria do Altíssimo, aponta, com firmeza e suavidade, o caminho da salvação.  Se até os doutores estavam admirados com a Sabedoria de Jesus, quanta escuta falta hoje.

Peçamos por todas as famílias para que transmitam aos filhos a universalidade do amor e da Sabedoria de Jesus, expresso na escuta meditativa da Sua Palavra e não tenham medo de acolher uma possível vocação religiosa, sacerdotal ou missionária na sua família. 

Invocação: Nossa Senhora, sede de sabedoria, rogai por nós!


59º Dia Mundial de Oração Pelas Vocações 1 a 8 maio 2022

Mistérios Luminosos

Primeiro Mistério – Batismo de Jesus no rio Jordão

Do Evangelho de S. Lucas

«Estando em oração, o Céu rasgou-see o Espírito Santo desceu sobre Ele em forma corpórea, como uma pomba. E do Céu veio uma voz: “Tu és o meu Filho muito amado; em ti pus todo o meu agrado.”» (Lc 3, 21-22)

Pelo batismo somos chamados à vocação à santidade. Diz o Papa Francisco: “Deixa que a graça do teu Batismo frutifique num caminho de santidade”, compromisso pessoal e eclesial. “Importante é que cada crente discirna o seu próprio caminho e traga à luz o melhor de si mesmo”.

Peçamos por todos os Batizados, pelos catequistas, pais e educadores da fé, para que confiantes no amor do Pai, saibam despertar o autêntico significado da vida cristã como vocação que conduza à entrega total de si mesmos ao Senhor.    

Invocação: Nossa Senhora, Templo do Espírito Santo, rogai por nós!

Segundo Mistério – Bodas de Canaã

Do Evangelho de S. João

“Ao terceiro dia, celebrava-se uma boda em Caná da Galileia e a mãe de Jesus estava lá. Jesus e os seus discípulos também foram convidados para a boda. Como viesse a faltar o vinho, a mãe de Jesus disse-lhe: «Não têm vinho!» – Jesus respondeu-lhe: «Mulher, que tem isso a ver contigo e comigo? Ainda não chegou a minha hora.»  – Sua mãe disse aos serventes: «Fazei o que Ele vos disser!» (Jo 2, 1-5)

A intervenção de Maria, nas bodas de Caná, converte-se no convite materno que ela dirige à Igreja de todos os tempos: “Fazei o que Ele vos disser”. A mãe de Cristo apresenta-se diante dos homens como porta-voz da vontade do Filho.

Peçamos neste mistério por todas as famílias, para que conscientes da sua responsabilidade, criem o ambiente favorável à formação cristã dos seus filhos e ao despertar da vocação no seguimento de Cristo. 

Invocação: Sagrada Família de Nazaré, rogai por nós!

Terceiro Mistério – Anúncio do Reino de Deus e o convite à conversão

Do Evangelho de S. Marcos

«Depois de João ter sido preso, Jesus veio para a Galileia pregar a Boa Nova de Deus: Completou-se o tempo e o reino de Deus está perto; convertei-vos e acreditai no Evangelho.» (Mc 1, 14-15)

A messe é grande e os operários são poucos”. Este convite continua hoje a ressoar por toda a terra e nas palavras do Papa Francisco: “a nova etapa da evangelização está marcada pela alegria do Evangelho que enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus”. 

Neste mistério, peçamos audácia e ardor para os que são chamados a anunciar o Evangelho da alegria em qualquer periferia de hoje. 

Invocação: Nossa Senhora, Estrela da Evangelização, rogai por nós!

Quarto Mistério – A transfiguração de Jesus no monte Tabor

Do Evangelho de S. Marcos

«Seis dias depois, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João e levou-os, só a eles, a um monte elevado. E transfigurou-se diante deles. As suas vestes tornaram-se resplandecentes, de tal brancura que lavadeira alguma da terra as poderia branquear assim.Formou-se, então, uma nuvem que os cobriu com
a sua sombra, e da nuvem fez-se ouvir uma voz: «Este é o meu Filho muito amado. Escutai-o.»
(Mc 9, 2-3.7)

A Glória da Divindade resplandece no rosto de Cristo, enquanto o Pai o confirma aos apóstolos para que O escutem. A descoberta da vocação necessita de encontros de oração, de escuta, de silêncio. 

Ofereçamos este mistério pelos jovens de hoje, para que sejam dóceis à voz de Cristo que chama para as diversas vocações: matrimonial, sacerdotal, vida consagrada, vida laical e missionária. 

Invocação: Nossa Senhora, Serva da Palavra e da escuta, rogai por nós!

Quinto Mistério – Instituição da Eucaristia na Última Ceia

Do Evangelho de S. Lucas

“Quando chegou a hora, pôs-se à mesa e os Apóstolos com Ele. – Disse-lhes: «Tenho ardentemente desejado comer esta Páscoa convosco, antes de padecer.» Tomando uma taça, deu graças e disse: «Tomai e reparti entre vós.» Tomou, então, o pão e, depois de dar graças, partiu-o e distribuiu-o por eles, dizendo: «Isto é o meu corpo, que vai ser entregue por vós; fazei isto em minha memória.» (Lc 22, 14-15. 17.19)

O Senhor deseja ardentemente que tenhamos parte com Ele, da Sua mesa, do Seu Corpo, da Sua paixão, da Sua Páscoa e da Sua Glória. A Igreja reflete-se no sacramento eucarístico como fonte onde jorra a própria vida. Na eucaristia, está o núcleo incandescente e o coração palpitante da Igreja, que pode ler nele a história da própria vocação. 

Peçamos, neste mistério, por todos os chamados ao sacerdócio que se encontram nas diferentes etapas, nos seminários e casas de formação religiosas e missionárias.  

Invocação: Nossa Senhora, Mãe da Igreja, rogai por nós!


59º Dia Mundial de Oração Pelas Vocações 1 a 8 maio 2022

Mistérios Dolorosos

Primeiro Mistério – Oração de Jesus no Horto das Oliveiras

Do Evangelho de S. Lucas

«Saiu então e foi, como de costume, para o Monte das Oliveiras. E os discípulos seguiram também com Ele. Quando chegou ao local, disse-lhes: «Orai, para que não entreis em tentação.» Depois afastou-se deles, à distância de um tiro de pedra, aproximadamente; e, pondo-se de joelhos, começou a orar, dizendo: «Pai, se quiseres, afasta de mim este cálice; contudo, não se faça a minha vontade, mas a tua.»

(Lc 22, 39-42 )

Jesus consciente de quanto iria sofrer para abraçar o Projeto de Salvação que o Pai Lhe confiou, convida os discípulos à oração e Ele próprio reza: “Pai, não se faça a minha vontade, mas a tua”.  

Rezemos nós também, por todos quantos se questionam sobre a sua vocação, para que encontrem na oração o momento oportuno para dizerem ao Pai: “não se faça a minha vontade, mas a tua”. 

Invocação: Nossa Senhora, mulher de oração, rogai por nós!

Segundo Mistério – Flagelação de Jesus 

Do Evangelho de S. Marcos

«Pilatos, desejando agradar à multidão, soltou-lhes Barrabás; e, depois de mandar flagelar Jesus, entregou-o para ser crucificado.» (Mc 15, 15)

O Papa Francisco convida-nos a passarmos da admiração por Cristo à transformação. “Acolhendo quem é descartado, aproximando-nos de quem é humilhado pela vida, porque Jesus está nos últimos, nos rejeitados, naqueles que a nossa cultura farisaica condena”. 

Lembremos, neste mistério, todos os que se sentem vocacionados a oferecerem a sua vida pelos irmãos que são rejeitados, incompreendidos, oprimidos e mal amados. 

Invocação: Nossa Senhora, Mãe dos que sofrem, rogai por nós!

Terceiro Mistério – Coroação de Espinhos 

Do Evangelho de S. Mateus

«Revestiram-no de um manto de púrpura e puseram-lhe uma coroa de espinhos, que tinham entretecido. Depois, começaram a saudá-lo: «Salve! Ó rei dos judeus!».

 (Mt 17-18)

Jesus foi coroado de espinhos porque incompreendido e desprezado. Qualquer vocação tem os seus espinhos, as suas incompreensões ou as suas dificuldades. Também nós, na nossa descoberta vocacional, temos de ultrapassar os espinhos, as pedras que se nos deparam na caminhada. 

Rezemos para que ninguém desanime no meio das dificuldades, mas tenha sempre Cristo a coroar a sua fronte. 

Invocação: Nossa Senhora, consoladora dos aflitos, rogai por nós!

Quarto Mistério – Jesus carrega a cruz a caminho do Calvário

Do Evangelho de S. Marcos

«Para lhe levar a cruz, requisitaram um homem que passava por ali ao regressar dos campos, um tal Simão de Cirene.» (Mc 15, 21)

Jesus, enquanto caminha não está só, se tem quem o maltrate, também tem a ternura do olhar de Sua Mãe, Verónica que Lhe enxuga o rosto, as mulheres que se lamentam e Simão de Cirene que carrega a Sua cruz.

Ofereçamos esta dezena, em agradecimento a Deus, por todos os que à semelhança do Cireneu são benfeitores de seminários, casas de formação e missões Ad Gentes.     

Invocação: Nossa Senhora das Dores, rogai por nós!

Quinto Mistério – Crucificação e morte de Jesus na cruz

Do Evangelho de S. João

«Jesus saiu para o chamado Lugar da Caveira, onde o crucificaram. Então, Jesus, ao ver ali ao pé a sua mãe e o discípulo que Ele amava, disse à mãe: “Mulher, eis o teu filho!”Depois, disse ao discípulo: “Eis a tua mãe!” E, desde aquela hora, o discípulo acolheu-a como sua.» (Jo 19, 17-18·26-27)

Jesus na cruz está sempre de braços abertos, para que nós nunca vivamos de braços cruzados. Está sempre de coração aberto, para que nunca o fechemos aos nossos Irmãos. 

Rezemos por quantos se sentem chamados à maternidade e paternidade biológica e por aqueles que se sentem interpelados a dar a vida consagrando-se à causa do Evangelho em castidade, pobreza e obediência.

Invocação: Nossa Senhora, Mãe da Humanidade, rogai por nós!


59º Dia Mundial de Oração Pelas Vocações 1 a 8 maio 2022

Mistérios Gloriosos

Primeiro Mistério – Ressurreição de Jesus 

Do Evangelho de S. Mateus

«O anjo tomou a palavra e disse às mulheres:
«Não tenhais medo. Sei que buscais Jesus, o crucificado; ide depressa dizer aos seus discípulos: ‘Ele ressuscitou dos mortos e vai à vossa frente para a Galileia. Lá o vereis.» Mt 28, 5-7

Em Cristo a morte foi vencida para sempre. Para aquele que crê em Cristo a morte é passagem para a vida plena, definitiva, espera-nos o céu. 

Peçamos, neste mistério, para que as vocações de hoje sejam vinculadas a Cristo vivo e ressuscitado, para que unidas à videira, deem fruto abundante 

Invocação: Nossa Senhora da Vida, rogai por nós!

Segundo Mistério – Ascensão de Jesus ao Céu

Do Evangelho de S. Mateus

“Aproximando-se deles, Jesus disse-lhes:
«Foi-me dado todo o poder no Céu e na Terra. Ide, pois, fazei discípulos de todos os povos, baptizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a cumprir tudo quanto vos tenho mandado. E sabei que Eu estarei sempre convosco até ao fim dos tempos». Mt 28, 18-20

Jesus, antes de subir ao céu, entregou aos discípulos a missão do anúncio: Ide e batizai… ide e ensinai… Também lhes dá uma certeza inabalável: “Eu estarei sempre convosco até ao fim dos tempos”.

Lembremos, neste mistério, a nossa condição de batizados e o múnus recebido: somos sacerdotes, profetas e reis. Rezemos para que todos os leigos aceitem a sua vocação de ser sal da terra e luz do mundo. 

Invocação: Nossa Senhora, Mãe dos batizados, rogai por nós!

Terceiro Mistério – O Pentecostes

Do livro dos Atos dos apóstolos

«Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falara outras línguas, conforme o Espírito lhes inspirava que se exprimissem». (At 2, 4)

O Espírito Santo desce para que os apóstolos possam subir o seu olhar e ver mais além. Subir é alargar os horizontes é alargar a vista e ultrapassar fronteiras. Diz o Papa Francisco aos jovens: “O dom da vocação será, sem dúvida, um dom exigente. Os dons de Deus são interativos e, para os desfrutar, é preciso pôr-me em campo, arriscar. Quando o Senhor suscita uma vocação, não pensa apenas no que és, mas em tudo o que poderás, juntamente com Ele e os outros, chegar a ser. (CV 289)

Peçamos, neste mistério, por toda a Igreja e especialmente pelos sacerdotes, para que o seu testemunho seja semente de mais vocações sacerdotais. 

Invocação: Nossa Senhora do Cenáculo, rogai por nós!

Quarto Mistério – Assunção de Maria 

Do Evangelho de S. Lucas

«Maria disse então: “A minha alma glorifica o Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador”» (Lc 1, 46-47)

Maria, é e será sempre modelo para todas as vocações. Na exortação Apostólica Pós-sinodal “Cristo Vive”, o Papa afirma: “Maria era a donzela de alma grande que exultava de alegria, era a jovenzinha com os olhos iluminados pelo Espírito Santo. Aquela jovenzinha é, hoje, a Mãe que vela pelos filhos: por nós, seus filhos, que muitas vezes caminhamos na vida cansados, carentes, mas desejosos que a luz da esperança não se apague”. (CV 48) 

Agradeçamos neste mistério à Mãe do Salvador por ser nossa Mãe também. Confiamos-lhe os trabalhos das Jornadas Mundiais da Juventude e a capacidade dos jovens evangelizarem outros jovens. 

Invocação: Nossa Senhora, Mãe da juventude, rogai por nós!

Quinto Mistério – Coroação de Maria como Rainha do Céu e da Terra

Do livro do Apocalipse

«Apareceu no Céu um grande sinal: uma Mulher vestida de Sol, com a Lua debaixo dos pés e com uma coroa de doze estrelas na cabeça.» (Ap 12, 1)

Maria como Mestra e Rainha, quer-nos lembrar que aqui não temos “morada permanente” que somos chamados a aspirar à “morada futura” onde ela e o Seu Filho nos esperam de braços abertos. O Papa Francisco incentiva: “Correi «atraídos por aquele Rosto tão amado, que adoramos na sagrada Eucaristia e reconhecemos na carne do irmão que sofre. O Espírito Santo vos impulsione nesta corrida para a frente. A Igreja precisa do vosso ímpeto, das vossas intuições, da vossa fé”. (CV 299)

Peçamos por todos os que são chamados a despertar as diferentes vocações na vida da Igreja: os pais, os catequistas, professores, sacerdotes, religiosos e religiosas, leigos comprometidos e demais batizados. 

Invocação: Nossa Senhora, Mãe do Bom Conselho, rogai por nós!